Olho do furacão

Dizem que o olho do furacão é o único lugar calmo. Onde não há destruição e sim calmaria.
É como me sinto no momento, ou melhor, o que não sinto.
No último mês eu senti dor emocional, raiva, ódio, algo parecido com paixão, preocupação e empatia. Meu último mês foi um verdadeiro inferno emocional e agora me sinto vazia. Sem um único sentimento.
Eu nunca lidei com isso, com a falta de sentimentos, essa neutralidade. É como se os sentimentos foram arrancados do meu peito, antes mesmo que eu pudesse sentí-los de verdade.
É estranho dizer isso, mas diante da situação que eu mais deveria me sentir emocional, eu realmente não sinto nada. Eu deveria sentir dor pelo fim, chorar, gritar, deixar todo esse sentimento passar. Mas… Ele já não está aqui. As lágrimas já não escorrem mais, o peito parece oco e eu me sinto calma.
Talvez toda a destruição que meu furacão sentimental pudesse causar, ele já causou. Então agora é hora de se acalmar. Eu não sei dizer se isto é bom ou ruim. Eu não sei dizer, nem sei o que pensar.
Apenas sei que não há nada dentro do peito, exceto um coração fazendo o que faz de melhor, ou seja, pulsando.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s