Tempo

Costumam dizer que o tempo cura tudo. Que o tempo cura qualquer dor, por mais profunda que seja. Dizem também que o tempo cicatriza, mesmo que parece haver um buraco do tamanho da galáxia no seu peito. Mas ninguém conta o quão difícil é deixar o tempo agir. O quão difícil é ser paciente e deixar ele curar. Ninguém diz o quanto você vai chorar, se serão gotas ou litros. Ninguém diz quando a dor vai embora e o quanto você vai sentí-la e qual a intensidade.
Eu estou oficialmente no segundo dia de recuperação e não me sinto bem. Nada bem na verdade. É como se todo o meu corpo sentisse a perda. As lágrimas surgem sozinhas no rosto e quando vejo, adormeci em meio ao choro.
Tudo mudou de uma maneira drástica e eu não tenho o luxo de dizer que foi de repente. Eu previ isso. Esse dia, chegaria. Mas quem se prepara para a perda? Quem se sente pronto pra sentir todas as dores que a vida pode te oferecer?
Olham pra você e dizem que vai passar, que é algo passageiro.
Sim, um dia a dor irá acabar e as lágrimas não aparecerão mais, é verdade.
Mas até esse dia chegar, a dor será sentida a cada segundo, mesmo no sono mais produndo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s