Há alguns anos atrás…

Eu diria que jamais estaria ouvindo músicas românticas ou assistindo todo e qualquer gênero romântico por livre vontade. Sinto que mudei, que me tranquilizei, me aquietei. Eu não sinto a necessidade de conhecer novas pessoas ou começar de novo. Eu quero apenas ficar quieta no meu canto, lendo Danielle Steel e imaginando romances em minha mente.
Ouvir uma certa música e pensar em tudo o que aconteceu entre nós. Quero guardar cada momento num potinho e abrir quando sentir saudade de você. Quero deitar na grama daquele parque que sempre íamos, fechar os olhos e sentir seus dedos entrelaçados com os meus, ouvindo a mesma música, rindo, vendo o sol entre as árvores.
Sabe, eu sempre achei que jamais seria capaz de amar um dia ou sentir tanta paz no coração. Eu me sinto leve, desprendida do chão, quase em êxtase. Céus, eu nunca imaginei que seria capaz de sentir tudo isso. Eu sei, lhe disse que jamais me apaixonaria e isso é verdade. Eu não senti borboletas no estomâgo ou tive aquele momento slow motion como de cinema, não. Mas o que eu sinto é a paz, a tranquilidade, a vontade de sentir sua cabeça em meu colo. Eu sinto a saudade, a preocupação. Eu apenas sinto tudo isso e muitas vezes não entendo o que esse sentimento é. Eu só sei que perdi o meu medo de tudo, eu sinto que amadureci em alguns pontos, mas que ainda preciso amadurecer.
Eu aprendi o segredo da vida de certo modo, de que tudo melhora, evoluí graças a qualquer tipo de amor.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s