Borboleta

Queria poder segurar seu rosto, olhar no mais profundo de seus olhos e declarar todo meu amor.
Mas você se foi, voou longe, rápido e graciosamente como uma borboleta.
Eu nunca mais vi seu rosto, nunca mais toquei seus lábios, nunca mais tive você em meus braços.

Eu sei que não devia desperdiçar meu tempo em te esperar, mas eu realmente queria aprender a voar.
Voar  e mergulhar no mais límpido céu azul. Sentir a brisa em meu rosto, se sentir livre uma vez na vida.
Todos falaram para eu desistir, isso era besteira.
Mas sabe? Eu não dei ouvidos, eu segui em frente e voei.

Cai nas graças da liberdade e abri bem minhas asas.
Meu corpo estava leve como uma pena.
E no mais alto céu azul eu te encontrei.
Você sempre esteve lá me esperando, esperando eu criar coragem e voar para você.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s