Deixe ir

Pela primeira vez, em dois anos, me sinto em paz de espírito. Sinto que nada me prende ao passado e que, finalmente, posso seguir em frente. Todos os balões – como costumo retratar meus fatos passados – foram soltos e levados para longe. A lição de cada balão ficou em minha mente, mas eles finalmente foram embora.

Tudo se encerrou de uma maneira calma, madura. Eu não me sinto ansiosa ou nervosa, não mais. Eu abri meu coração, fui sincera sobre meus sentimentos e tudo o que eu precisava era uma resposta. Cinquenta por cento de chance para sim e o mesmo para não. A resposta enfim se revelou e cada de um de nós pode seguir em frente. Não como eu havia imaginado, mas foi melhor assim. Então eu cheguei a conclusão de que tudo estava acabado, morto e encerrado, antes mesmo de acabar por definitivo.

Eu cortei relações, decidi não manter contato. Resolvi caminhar para longe de algo que me prendia tanto. Caminhei para longe do passado e próximo de meu presente. Firmei meus pés no chão e aqui decidi firmá-los por um longo tempo. Não devo deixar de admitir, eu me senti sozinha por um determinado tempo, como se ninguém estivesse ali por mim, nem que fosse para me estender a mão. Foi aí então que lembrei da história da águia. Quando está perdendo forças em seu bico ou suas asas não lhe dão vôos efetivamente bons, a águia se isola no mais alto pico, arranca todas as suas penas, quebra seu bico. Ela passa por um processo extremamente doloroso e solitário, sempre que necessário. Porém quando volta, ela volta renovada. Um novo bico, novas asas e vôos rasantes e rápidos. Então, quando eu estava sentada no ônibus e pensei estar sozinha, me concentrei na águia.

Percebi que era minha hora de renovar, de sentir dor, de se isolar e voltar radiante. Então não, não estou sozinha, estou me recuperando, me renovando.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s